Construída pela CONDER

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Um novo marco na saúde pública da Bahia. Uma nova referência, que aposta na prevenção. A inauguração desta primeira policlínica regional significa que o processo de regionalização da saúde está sendo efetivado. Hoje, a saúde está chegando mais perto dos baianos do extremo sul e isso vai chegar a todas as regiões do estado, garantindo melhor assistência a quem mora no interior”, afirmou o governador Rui Costa nesta sexta-feira (17), no início da visita guiada com a imprensa à Policlínica Regional do Extremo Sul, em Teixeira de Freitas.

Até o dia 22 de dezembro, o governador Rui Costa vai inaugurar outros importantes equipamentos de saúde em cidades do interior da Bahia, como Jequié, Irecê e Guanambi, além de dois novos hospitais em Ilhéus e Seabra. Os equipamentos estão sendo construídos através da Diretoria de Edificações Públicas (DIEP), da CONDER.

A Policlínica Regional implantada em Teixeira de Freitas, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 1.732, no bairro Bela Vista, também atenderá os municípios de Itanhém, Medeiros Neto, Vereda, Lajedão, Ibirapuã, Caravelas, Posto da Mata, Nova Viçosa, Mucuri, Prado, Alcobaça, Itamaraju e Jucuruçu. Sete micro-ônibus farão a rota entre os municípios participantes do consórcio e a Policlínica Regional.

A unidade tem equipamento de última geração para realização de exames em 18 especialidades médicas, como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia e colonoscopia. Também serão realizados procedimentos de vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biopsias de mama, tireoide, próstata, de pele, gastroenteral, entre outras.

Sete micro-ônibus farão a rota entre os municípios participantes do Consórcio Público de Saúde, que administra a unidade. Os veículos são equipados com ar-condicionado, televisão, poltronas reclináveis e acessibilidade para deficientes, a fim de conduzir pacientes agendados à policlínica da região.

Na policlínica em Teixeira de Freitas o governo estadual investiu R$ 23 milhões, entre construção, equipamentos e mobiliário. O custeio mensal será repartido entre Estado, que assume 40% das despesas, e os municípios consorciados, responsáveis por 60% dos custos.

* Com informações da Secom/GOVBA 

Fonte.: Portal CONDER

Responder

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.