Coroa Vermelha é uma enseada no extremo sul do estado da Bahia, localizada entre Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro. Lá se encontra a reserva indígena Pataxó, com um povoado onde nativos vendem artesanatos (colares de sementes, utensílios de cozinha, etc.). Fica ali também a praia homônima, onde oficialmente ocorreu o descobrimento do Brasil, em 22 de abril de 1500, e se celebrou a primeira missa no Brasil, pelos sacerdotes da esquadra de Cabral, em 26 de abril de 1500. Tem este nome devido ao fato de ter um grande arrecife de corais alaranjados.

Complexo Turístico de Coroa Vermelha

Uma grande faixa com belas praias fazem parte deste belo cartão-postal.

Em 1960, com a fundação do Parque Nacional do Monte Pascoal, a área original pertencente aos pataxós foi alterada, o que causou a dispersão de alguns grupos. Um grande número de índios, então, fixou-se numa área que hoje praticamente permeia a cidade de Santa Cruz Cabrália. Alguns totens esculpidos e um calçadão com símbolos indígenas marcam o início de sua terra, distante cerca de 7 km do centro da cidade.

Nessa área, pertencente à Unidade de Conservação, vivem, hoje, cerca de 400 famílias, totalizando quase 2.000 índios. Por ocasião das comemorações dos 500 anos, a área passou por um grande processo de reurbanização, transformando-se num complexo de atrações, que inclui o Museu do índio, o comércio Pataxó e a Cruz Latina da Coroa Vermelha. Bastante próximo, mas já fora da área demarcada, foi construído o moderno Terminal Turístico de Coroa Vermelha. Além de ser o ponto de partida para a maioria dos passeios na região, o terminal, que é bem amplo, possui dois pavimentos com 104 boxes no total. A infra estrutura conta, ainda, com balcão de informações, terminais bancários de auto atendimento e farmácia. Uma praça de alimentação garante ao turista, variadas opções de drinques e refeições.

Praia da Coroa Vermelha

A Praia da Coroa Vermelha é uma praia histórica localizada entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, na Bahia.

É conhecida por ter abrigado a chegada da frota de Pedro Álvares Cabral ao Brasil, marcando o descobrimento do Brasil pelos europeus, em 22 de abril de 1500. Além de ter abrigado a primeira missa em solo brasileiro.

Atrativos

Entre seus atrativos, está uma cruz que demarca o local onde foi realizada a primeira missa no Brasil. A praia também tem uma réplica da imagem de Nossa Senhora da Boa Esperança, trazida por Cabral.

Destaca-se também o artesanato da praia produzido por índios pataxós, além das tradicionais barracas, vendendo pratos típicos da culinária baiana.

Veja algumas imagens da localidade